Nova Casa

0 comentários


Estou muito feliz em vir para o Santa Helena , um clube de muita tradição no futebol goiano , onde assisti pela primeira vez um jogo de uma equipe profissional , ao acompanhar as partidas do meu primo Robson ex jogador do time na década de 90, naquele dia aumentou ainda mais meu sonho de me tornar um jogador profissional e de um dia vestir essa camisa. Agradeço a diretoria e a estância casa grande por não ter medido esforços pra me trazer , não vai faltar empenho e dedicação pra ajudar meus companheiros a levar o fantasma do sudoeste goiano a seu devido lugar, na séria A do "goianão" .

Confiança anuncia contratação do jogador Jales

0 comentários



Pensando em reforçar ainda mais o elenco, a Diretoria da Associação Desportiva Confiança continua inovando na busca de novos jogadores para a temporada de 2013. Nesta quarta-feira, foi anunciada a contratação do centroavante Jales.
Perto de completar 30 anos (em 04/03), Jales Perpétuo do Prado é natural de Rio Verde em Goiás. Atuou em alguns times do futebol nordestino, a exemplo do Central de Caruaru (2011) e Botafogo da Paraíba (2012). Também passou por Rio Verde (GO), Joinvile (SC), Atlético Mineiro, entre outras agremiações.
Antes de acertar com o time do Bairro Industrial, jogo pelo Toledo (PR). O novo centroavante azulino chega nesta quarta-feira e já segue para a avaliação física. Após esta etapa, Jales seguirá nos preparativos físicos para atuar na equipe liderada por Nadélio Rocha.
Fonte: http://www.adconfianca.net/

Jales marca um golaço e dá empate ao TCW diante do Furacão

0 comentários


Bom faró de gol, o atacante Jales mostrou que tem lugar no time principal TCW. Ele entrou na segunda etapa diante do Furacão e deixou sua marca. Diga-se de passagem um dos mais belos gols dos últimos tempos no 14 de Dezembro."Essa praticamente foi minha estréia e pude ajudar o time a conquistar o empate. Não posso dizer que saio feliz porque tive mais chances, mas vou continuar me cobrando e trabalhando para ajudar o TCW", comentou o atacante em entrevista ao repórter Edilson José.



Fonte : www.lancealance.com.br

Após marcar três gols, Jales provoca artilheiro Warley: 'ele que se cuide'

0 comentários


Botafogo-PB x Esporte de Patos (Foto: Rammom Monte)Jogadores comemoram um dos gols de Jales
(Foto: Rammom Monte)
O argentino Messi encantou o mundo após marcar cinco gols na vitória do Barcelona em cima do Bayer Leverkusen pela Uefa Champions League. Já Neymar deixou os brasileiros boquiabertos depois de marcar três na vitória do Santos sobre o Internacional na Taça Libertadores da América. E parece que a atuação dos dois maiores craques do momento inspiraram o atacante Jales, do Botafogo-PB. O jogador marcou três gols e deu uma assistência na goleada de 6 a 1 aplicada pelo Belo em cima do Esporte de Patos. E ele não quer parar por aí. Jales desafiou Warley e vai buscar a artilharia do Campeonato Paraibano.
- Estou muito feliz pelos três gols marcados. Não foi a primeira vez que isto aconteceu na carreira, mas é sempre especial. Agora já sou artilheiro do Botafogo com quatro gols. Warley tem seis e é o artilheiro do campeonato. Vou tentar beliscar essa artilharia. Ele que se cuide – brincou o atacante, que revelou já ter jogado com Warley no São Caetano.
Apesar de ter sido o destaque da partida, Jales declarou que ficou mais feliz pela assistência para Cláudio do que pelos três gols marcados na partida. Ele afirmou que na hora do passe tinha chance para chutar, mas achou o companheiro em uma posição melhor e preferiu o passe.
- Sinceramente, eu fiquei mais feliz pelo passe para Cláudio do que pelos gols marcados. É claro que é ótimo para todo atacante marcar gols, mas fiquei muito feliz por ele (Cláudio). Ele é um menino muito bom, que vem se esforçando bastante e conseguiu marcar o dele hoje. Eu tinha até chance de chutar aquela bola, mas acho que fiz o certo – confessou Jales.

O atacante ainda comentou o fato de ter substituído Anderson Cavalo, que vinha atuando como titular, mas ficou de fora da partida contra o Esporte pois estava cumprindo suspensão após ter tomado o terceiro amarelo contra o Treze.
- Eu comecei o ano como titular, mas tive um problema na panturrilha e fiquei de fora por um tempo. Anderson entrou e foi muito bem, mas eu estou aprimorando meu condicionamento físico. Mas é claro que quem decide é Suélio e ele vem me dando muitas chances, só espero contribuir toda vez que entrar em campo – revelou o artilheiro.
Fonte : http://globoesporte.globo.com

Nelson Lira quer ter a base do time deste ano para a próxima temporada

0 comentários


Nelson Lira, presidente do Botafogo-PB (Foto: Larissa Keren / Globoesporte.com/pb)Nelson Lira quer repatriar alguns jogadores que
estiveram no Belo em 2012 (Foto: Larissa Keren)
Nelson Lira prometeu, e vai cumprir. A maioria dos jogadores que ficaram até o final do Campeonato Paraibano deste ano deve voltar para a próxima temporada. Dois deles já estão confirmados, inclusive de vínculos garantidos. São os volantes Izaías e Marcelo Pinheiro. Já o goleiro Genivaldo, o lateral Diego Pitbull, o meia Leomir e os atacantes Edgard e Jales vão receber uma proposta oficial ainda nesta semana.

- Começo a ligar para eles para discutir a questão financeira a partir de hoje. Venho mantendo contato com todos desde o fim do Estadual.
Entre estes prováveis reforços, a situação mais difícil é a de Leomir. Ele tem contrato com o Mirassol até maio do ano que vem, quando se encerra o Campeonato Paulista. Recentemente, ele disputou a Copa Paulista pelo América de Rio Preto, que não fez uma boa campanha e foi eliminado ainda na segunda fase.
Começo a ligar para eles para discutir a questão financeira a partir de hoje. Venho mantendo contato com todos desde o fim do Estadual"
Nelson Lira
Os outros atletas estão sem clube, apesar de alguns já terem propostas oficiais. É o caso de Diego Pitbull, que revela ter sido procurado por times do interior de São Paulo. Mas ele deixa claro que a sua prioridade é o Belo. Primeiro, pela relação com o presidente Nelson Lira. Depois, pelo desejo de fazer história na Maravilha do Contorno.
- A minha vontade de estar no Botafogo novamente é enorme. Só de falar sinto uma paz imensa dentro de mim. Quero ser campeão.
Já o atacante Edgard, que após deixar o Bota foi defender as cores do Jabaquara na Segunda Divisão do Paulistão, revelou ter sido contatado. E que apenas alguns detalhes o impedem de ser anunciado como novo reforço botafoguense.
Quando saí de João Pessoa, já deixei minha palavra que voltaria. E se Nelson fosse o presidente, estaria tudo certo. Houve um contato inicial. Estou motivadíssimo. Penso que algumas coisas que faltaram neste ano serão corrigidas e o Botafogo tem tudo para ser campeão. A torcida precisa deste título. Quero fazer parte disso – comentou Edgard, que marcou nove gols com a camisa alvinegra.

Antes vilão, Jales comemora nova fase no Bota-PB e promete mais gols

0 comentários


Fonte : www.globoesporte.globo.com
jales, atacante do botafogo-pb (Foto: Phelipe Caldas)
Jales quer vencer duelo particular diante de Warley
(Foto: Phelipe Caldas)
No dia 11 de março, o atacante Jales assumia a responsabilidade pela surpreendente derrota por 1 a 0 diante do Flamengo-PB. Na época, foi xingado pela torcida do Botafogo-PB e teve que amargar um longo período no banco de reservas, que coincidiu com a chegada do atual treinador Neto Maradona. Agora, pouco mais de um mês depois, o camisa 11 alvinegro pode ser considerado o novo xodó dos torcedores e um dos responsáveis direto pela classificação para a semifinal, em que o Belo enfrenta o Campinense, nesta quarta-feira, às 20h15, no Estádio Almeidão. A fase do jogador, definitivamente, mudou. E ele aproveita o bom momento para desafiar, em tom de brincadeira, o “amigo” Warley.
- Warley é um grande amigo. Jogamos juntos no São Caetano e aprendi bastante com ele lá. Sempre ficava por perto, principalmente nos treinos de finalizações. Mas espero vencer este duelo particular. Até porque o Warley já ganhou muito dinheiro, está rico, então deixa esta para o Jales, né? - disse aos risos o atacante botafoguense.
"A expectativa é a de seguir balançando as redes"
O início da saga heroica de Jales no Botafogo foi com o gol marcado frente ao Treze, quando o alvinegro venceu por 2 a 1, em João Pessoa. Dali em diante, ele não passou mais em branco. Fez o gol que garantiu o triunfo contra o Esporte de Patos na rodada seguinte, aos 48 minutos do segundo tempo, e anotou mais dois contra o Flamengo, no último domingo. Se depender do jogador, a fase artilheira não vai parar por aí.
- Vai ser um grande jogo contra o Campinense e a expectativa é justamente esta, a de seguir balançando as redes. Todos viram as dificuldades que enfrentamos para alcançar o G4. Por isto, chegou a hora de mostrarmos nossa força, mesmo que do outro lado estejam bons jogadores, inclusive alguns que são amigos meus. Independente do respeito que temos pelo adversário, sabemos que temos totais condições de vencer.
O começo desanimador com a camisa do Botafogo, segundo Jales, está ligado a uma grave lesão muscular que ele sofreu na panturrilha ainda na pré-temporada. Aquilo prejudicou toda a sua preparação, o fez entrar em campo sacrificado, longe da forma física ideal, e o resultado foi o jejum de gols.
- Infelizmente, tive uma lesão que me atrapalhou e acabou fazendo com que eu passasse por um momento ruim. Sabia que podia ajudar, mas as coisas não aconteciam conforme o esperado. Iniciei o campeonato mal fisicamente, inclusive com o professor Suélio Lacerda (ex-técnico do Belo) pedindo para eu ir para o sacrifício. Fui até onde pude e, por isso, demorei a entrar em forma.
Flamengo-PB 0 x 3 Botafogo-PB, 18ª rodada do Campeonato Paraibano (Foto: Rammom Monte)
Jales vem se destacando na reta final do Campeonato Paraibano com gols decisivos (Foto: Rammom Monte)

Warley e Jales fazem duelo à parte no clássico entre Campinense e Bota-PB

0 comentários

www.globoesporte.globo.com

Warley, atacante do Campinense (Foto: Larissa Keren)
Warley é o artilheiro do Paraibano, com 21 gols e
está na briga pelo prêmio Freidenreich 2012
(Foto: Larissa Keren)
De um lado, o ídolo da torcida do Campinense e grande destaque do Campeonato Paraibano. Do outro, a principal esperança de gols do Botafogo-PB. O duelo de amigos envolvendo Warley e Jales promete ser uma atração à parte no clássico deste domingo, que acontece às 16h, no Estádio Amigão, e vai decidir quem enfrenta o Sousa na final da segunda fase.
Nos três confrontos entre Campinense e Botafogo disputados nesta temporada, foram marcados 18 gols, média de seis por partida. Destes, sete saíram dos pés de Warley, que se tornou o principal carrasco do time pessoense e goleador do campeonato, com 21 gols.
  No último duelo entre os times, quarta-feira, no Estádio Almeidão, válido pelo mata-mata da segunda fase da competição, o atacante rubro-negro comandou a vitória da Raposa por 3 a 2, quando vazou a meta do goleiro Genivaldo por duas vezes. O terceiro do Rubro-Negro foi marcado por Renatinho Carioca.
Para o jogo de volta deste domingo diante do Belo, Warley não promete gols e mantém o mesmo discurso de que a meta é buscar o título estadual, aliás o seu segundo no futebol paraibano, já que foi campeão no ano passado pelo Treze.
Campinense e Botafogo-pb 3 a 2 no Almeidão (Foto: Larissa Keren)
Em três jogos que disputaram entre si neste ano, Campinense e Botafogo já marcaram 19 gols
(Foto: Larissa Keren)
- O Campinense não é só Warley. É um grupo, onde todos estão com o mesmo objetivo, que é conquistar o título estadual. Agora, se as chances continuarem aparecendo, lógico que estarei lá para conferir. Mas, repito, não importa quem faça os gols, mas as vitórias que estão surgindo - enfatizou o atacante.
Com os dois gols na última quarta-feira, o jogador passou a ser o maior goleador do Campinense em um único campeonato. Ele superou Adelino, que em 2004 marcou 19 vezes, e Zé Ireno, que em 1968 balançou a rede 20 vezes.
jales, do botafogo-pb (Foto: Larissa Keren)
Jales tem 10 gols e é a principal esperança do
ataque botafoguense (Foto: Larissa Keren)

Jales lamenta contusão no início do ano
Apesar de reconhecer o talento do camisa 9 da Raposa, ao lado de quem jogou no São Caetano em 2003, Jales deixou claro que se não fosse a grave lesão muscular que sofreu na panturrilha, ainda na fase de pré-temporada, a situação da artilharia da competição, que tem Warley disparado na ponta com 21 gols, poderia estar diferente.
- É como eu venho falando: Warley é muito bom, mas eu acredito que, caso eu não tivesse tido aquela contusão, dava para estar mais perto dele. Faltou uma sequência boa no início e isso acabou me comprometendo. Mesmo sabendo que ele é fera, eu confio bastante em mim e sei que poderia ter dado mais. Agora, é esquecer o passado e pensar na possibilidade que tenho de ajudar meu clube - comentou Jales, autor de 10 gols no Campeonato Paraibano.